Implementação de segurança em Caieiras

Implementação de segurança em Caieiras

Implementação de segurança em Caieiras

(check out the English version below)

 

A Ahlstrom-Munksjö tem como um dos seus principais focos a segurança de seus stakeholders, e por isso existe uma grande atenção na migração do padrão de segurança A-M na nova planta de Caieiras.

Infelizmente é muito comum no Brasil a falta de politica e cultura de segurança no ambiente fabril, que normalmente resulta em acidentes com colaboradores. Tanto a cultura quanto a política de segurança são amplamente trabalhadas na Ahlstrom-Munksjö e Jacareí é um benchmarking dentro da empresa que está servindo de exemplo na criação de um Plano de Segurança completo para a unidade de Caieiras.

Wagno Carvalho, gerente de qualidade assegurada, meio ambiente, saúde e segurança, afirma: “Segurança é importantíssimo para a corporação e foi enfatizado nos discursos de boas vindas a Caieiras tanto do Valmir Piton (Diretor presidente da Ahlstrom-Munksjö Brasil) quanto do Daniele Borlatto (Vice-presidente executivo de Industrial Solutions)”. Neste primeiro encontro foram feitas diversas ações para integrar os colaboradores da planta de Caieiras à pratica do comportamento seguro e de imediato houve a apresentação do plano de segurança.

O Plano de Segurança detalha as politicas de segurança Ahlstrom-Munksjö, os indicadores de segurança que norteiam as operações da empresa e os comportamentos seguros permeados entre os funcionários. Dentro deste plano, já foi implementado em Caieiras o dialogo diário de segurança que ocorre na entrada do turno dos funcionários da operação para discussão  de temas relacionados à segurança  e eventuais acidentes  ocorridos  em uma planta de papel, explicando o que aconteceu e como poderia ser evitado, reforçando no inicio das atividades dos operadores nossa cultura de segurança.

Outra atividade dentro do Plano de Segurança com grande repercussão positiva para a mudança de cultura são as Auditorias de segurança, que consistem na observação do comportamento dos funcionários durante a sua atividade por um auditor técnico que analisa se estão agindo de modo seguro e com o equipamento adequado. Além de identificar comportamentos inseguros, o objetivo é explicar porque é inseguro e quais são as possíveis consequências negativas que podem ocorrer visando sensibilizar nossos funcionários para uma mudança de mindset.

Em Dezembro de 2018 ocorreu o primeiro Safety Day de Caieira. Este evento reuniu técnicos das plantas do Brasil para um passeio técnico por toda a planta de Caieiras com anotação de locais ou práticas não seguras, e que poderiam ocasionar um acidente.  As oportunidades de melhorias serão tratadas e corrigidas ao longo do ano, a depender do risco e complexidade.

Todas estas ações que estão sendo implementadas já contribuíram para que a unidade de Caieiras atingisse a marca de 100 dias sem nenhum acidente com afastamento.


Caieiras unit starts implementation of safety projects for the year 2019

Ahlstrom-Munksjö has one of its main focus on the security of its stakeholders,  therefore there is a great deal of attention in the migration of the A-M security standard in the new Caieiras plant.

Unfortunately it is very common in Brazil the lack of safety culture policy in the factory environment, which usually results in accidents with employees. Both culture and security policy are extensively worked on Ahlstrom-Munksjö, and Jacareí is a benchmarking within the company, that is, serving as an example in the creation of a complete Security Plan for the Caieiras unit.

Wagno Carvalho, manager of quality assurance, environment, health and safety, says: "Security is very important for the corporation and was emphasized in the welcome speeches to Caieiras from both Valmir Piton (Managing Director of Ahlstrom-Munksjö Brazil) and Daniele Borlatto (Executive vice president of Industrial Solutions)". In this first meeting several actions were taken to integrate the employees of the Caieiras plant to the practice of safe behavior and immediately there was the presentation of the security plan.

Security Plan details the Ahlstrom-Munksjö security policies, the security indicators that guide the company's operations and the safe behaviors permeated by employees. Within this plan, the daily security dialogue that occurs at the entrance of the shift's employees has been implemented in Caieiras to discuss issues related to security and possible accidents in a paper plant, explaining what happened and how it could be avoided, reinforcing at the beginning of the activities of the operators our security culture.

Another activity within the Security Plan with great positive repercussion for the change of culture are the Security Audits, which consist of observing the behavior of the employees during their activity by a technical auditor who analyzes if they are acting in a safe way and with the appropriate equipment. In addition to identifying unsafe behaviors, the goal is to explain why it is unsafe and what are the possible negative consequences that can occur in order to sensitize our employees to a change of mindset.

In December 2018, the first Security Day of Caieiras took place. This event brought together plant technicians from Brazil for a technical tour in Caieiras plant and they marked places and unsafe practices that could lead to an accident.  Opportunities for improvement will be addressed and corrected throughout the year, depending on risk and complexity.

All these actions that are being implemented already contributed to the Caieiras unit reaching the mark of 100 days without any Loss Time Accident.

 

Share this pageShare this page