Apesar de muito difícil, 2020 apresentou ótimas conquistas para A-M Brasil

Apesar de muito difícil, 2020 apresentou ótimas conquistas para A-M Brasil

Apesar de muito difícil, 2020 apresentou ótimas conquistas para A-M Brasil

English version available below.

 

O ano de 2020 começou com ótimas perspectivas de melhora econômica no país e, apesar de notícias preocupantes vindas da China e posteriormente Europa, tivemos um bom movimento industrial no país puxado por demanda aquecida. Infelizmente não demorou muito para percebermos, na virada do 1º para o 2º trimestre, que também sentiríamos os graves efeitos da pandemia do COVID-19, tanto na saúde quanto na economia.

Com o agravamento dos casos e estrangulamento de nossas unidades hospitalares, tivemos que nos reorganizar como sociedade em prazo recorde, priorizando a saúde de nossa população acima da economia. Isso levou ao fechamento da maioria dos negócios, poupando apenas aqueles essenciais para a sobrevivência, como hospitais, supermercados e farmácias, além é claro da cadeia de suprimentos destas indústrias.

Com isso, a Ahlstrom-Munksjö Brasil se reinventou, adotando rigorosos protocolos de saúde e segurança para garantir a integridade de seus funcionários e fornecimento das cadeias produtivas, adaptando-se na medida do possível à rotina do trabalho remoto. Esta rápida resposta só foi possível através de uma liderança capacitada para lidar com períodos de incerteza e excelente maturidade das equipes, que compreenderam que a saúde de todos os funcionários e entes queridos era a prioridade número 1 da empresa.

A A-M Brasil, de forma geral, conseguiu manter os poucos casos de COVID-19 com funcionários em quarentena em suas casas com o estrito acompanhamento da equipe médica da empresa. Não houve nenhum caso de contaminação dentro da empresa e não tivemos em nenhum momento o risco de comprometer o fornecimento de produtos das suas 3 unidades para o mercado, que em muitos casos são fundamentais para medicamentos, alimentos e produtos médico-hospitalares no país.

Durante a pandemia tivemos a parada de duas de nossas unidades no país em função da vertiginosa queda de demanda em alguns segmentos de mercado, como automobilístico e moveleiro/construção civil, com base na MP 927. Em ambos os casos garantimos os postos de trabalhos e a saúde financeira das unidades para o posterior retorno da produção (que se deu antes do previsto) para suprir uma demanda de mercado latente em cadeias produtivas que se reaqueceram a partir do meio do ano.

Neste cenário de grandes restrições e de contatos distantes através de ferramentas digitais a equipe de Pesquisa e Desenvolvimento da A-M se reinventou para homologar os novos produtos desenvolvidos durante a pandemia. Obviamente foi essencial neste período o jogo de cintura de nossos colaboradores, e a parceria e compreensão dos clientes para buscar formas diversas de aproximação e troca de conhecimento sem o contato físico com os técnicos e maquinários (ex. vídeo-chamadas ao lado das máquinas com nosso papel rodando).

Em Jacareí, após a entrega do Projeto Metering no final de 2019, o desenvolvimento e entrega para o mercado de uma grande gama de produtos (família MULTI) para diversas aplicações era o grande desafio para 2020, mesmo antes da pandemia. Estamos chegando próximos ao final do ano com 3 grandes famílias de produtos lançadas, outras 3 em estágios avançados de desenvolvimento e mais de 38% (Jan-Out/2020) de nosso faturamento atrelado a “Vendas de Inovação”.

Já em Louveira, o objetivo foi capacitar a unidade para produzir o insumo básico para a mais importante ferramenta civil de combate ao COVID-19 – papel filtro para máscara certificado para a proteção civil. Apesar de não ser o core business desta unidade, especializada em papéis para filtros automobilísticos, fornecemos com o apoio de parceiros milhões de máscaras no país através de ações, como a feita com a 3 Corações e premiada nos EUA.

Não menos importante foi o desenvolvimento do AdCraft BE em Caieiras – papel grau médico para embalagens de produtos e equipamentos médico-hospitalares esterilizáveis. Demanda antiga de um setor carente por soluções nacionais de qualidade e que foi intensificada em função do COVID-19.

O ano de 2020 foi extremamente desafiador e nossos compreensíveis parceiros sempre imbuídos em prioridades comuns foram fundamentais para sobrepor todas as limitações e atingir muitos dos objetivos traçados para o ano. Tenho certeza, que 2021 será o ano para colhermos o frutos dos aprendizados e relacionamentos plantados ao longo do ano anterior. Gostaria de agradecer todos os clientes, fornecedores, parceiros e funcionários da A-M pelas conquistas de 2020, e desejar a todos um ótimo final de ano e excelente 2021!” Saúda Valmir Piton.

 

 

Although very difficult, 2020 presented great achievements for A-M Brazil

The year 2020 started with great prospects for economic improvement in the country and, despite worrying news from China and later Europe, we had a good level of industrial activity in the Brazil, driven by heated demand. Unfortunately, it didn't take long for us to realize, at the turn to the 2nd quarter, that we would also feel the serious effects of the COVID-19 pandemic, both on health and on the economy.

With the worsening of cases and the strangulation of our hospital units, we had to reorganize ourselves as a society in record time, prioritizing the health of our population above the economy. This led to the closure of most businesses, saving only those essential for survival, such as hospitals, supermarkets and pharmacies, in addition to the supply chain of these industries.

With this, Ahlstrom-Munksjö Brazil has reinvented itself, adopting strict health and safety protocols to guarantee the integrity of its employees and supply of production chains, adapting as far as possible to the routine of remote work. This quick response was only possible through a qualified leadership to deal with periods of uncertainty and excellent maturity of the teams, who understood that the health of all employees and loved ones was the number 1 priority for the company.

A-M Brazil, in general, managed to keep the few cases of COVID-19 with employees quarantined in their homes with the close monitoring of the company's medical team. There was no case of contamination within the company and we never had the risk of compromising the supply of products from its 3 units to the market, which in many cases are essential for medicines, food and medical and hospital products in the country.

During the pandemic, two of our units in the country were stopped due to the sharp drop in demand in some market segments, such as automobile and furniture/civil construction, based on government’s MP 927. In both cases we guaranteed jobs and the financial health of the units for the subsequent return to production (which happened earlier than expected) to supply a latent market demand in production chains that reheated from the middle of the year.

In this scenario of great restrictions and distant contacts through digital tools, the A-M Research and Development team has reinvented itself to approve the new products developed during the pandemic. Obviously, it was essential during this period that our employees were malleable, and the partnership and understanding of customers to seek different ways of approaching and exchanging knowledge without physical contact with technicians and machinery (eg video calls next to machines with our paper running).

In Jacareí, after presenting the Metering Project at the end of 2019, the development and delivery to the market of a wide range of products (MULTI family) for various applications was the major challenge for 2020, even before the pandemic. We reach the final months with 3 large families of products launched, other 3 in advanced stages of development and more than 38% (Jan-Oct/2020) of our turnover linked to "Innovation Sales".

In Louveira, the objective was to enable the unit to produce the basic input for the most important civilian tool to fight COVID-19 — filter paper for certified civil protection mask. Despite not being the core business of this unit, specializing in papers for automobile filters, we provide millions of masks in the country with the support of partners through our actions, such as the one made with 3 Corações and awarded in the USA.

Not less important was the development of AdCraft BE in Caieiras — medical grade paper for product packaging and sterilizable medical and hospital equipment. Long-standing demand from a sector in need for national quality solutions, which was intensified due to COVID-19.

2020 was an extremely challenging year and our understandable partners, always imbued with common priorities, were fundamental to overcome all limitations and achieve many of the objectives set for the year. I am sure that 2021 will be the year for us to reap the rewards of learning and relationships planted over the previous year. I would like to thank all customers, suppliers, partners and employees of A-M for the achievements of 2020, and wish everyone a great holiday season and an excellent 2021!” Greets Valmir Piton.

Receba as próximas edições do Papel Interativo!

Compartilhe essa páginaCompartilhe essa página